404 Not Found

Görüntülemeye çalıştığınız sayfa bulunamadı. Bu sayfa ya yayından kaldırılmış ya da hiç yayınlanmamış :)
Lütfen geldiğiniz yeri kontrol ediniz ya da aşağıdan arama yaparak istediğiniz sayfaya gidiniz.

Cores Primrias, Secundrias e Complementares
home store blog forum gallery newsletter facebook twitter pinterest Digiscrappersbrasil

Resultados 1 a 5 de 5
  1. #1
    DSB addict for sure! :) Avatar de Loreta Labarca
    Data de Ingresso
    Apr 2010
    Localizao
    So Paulo - Brazil
    Posts
    4.148

    Cores Primrias, Secundrias e Complementares

    Este artigo maravilhoso foi feito por Ana Paula Amorim, Cris Oliveira e Celly Oneill durante uma atividade muito legal que tivemos aqui no DSB chamada DSB Stars dirigida pela F Marini. Ele foi perdido junto com todo o contedo do frum quando perdemos o site e agora encontrado no cach do Google pela R Padilha!

    Eita, Ruuuu! Brigada, mor! Este era o artigo mais visitado do DSB e graas a voc ele est de volta. :D

    Cores Primrias, Secundrias e Complementares
    por DSB Stars - Aninha Amorim, Cris Oliveira e Celly Oneill

    O que cor?
    A
    cor faz parte do nosso mundo e est to presente que muitos de ns j no d tanta importncia, tornou-se corriqueiro, algo que j inerente ao ser. Desde o momento em que acordamos estamos em contato com as cores: ao nos depararmos com as cores do nosso quarto, ao escolhermos a roupa para vestirmos, quando samos vemos os muros e outdoors da cidade nos invadindo de cores, ou mesmo se ficarmos em casa; tudo est repleto de cores. Mas, o que a cor?

    S podemos perceber as cores quando temos luz. Cor luz. A luz emitida, seja pelo sol ou por uma lmpada, contm todas as cores do arco-ris. A luz branca constituda pela reunio de numerosas radiaes coloridas que podem ser separadas. A cor o resultado do reflexo da luz que no absorvida por um pigmento. Assim podemos perceber que a cor uma sensao provocada pela luz sobre nossos olhos. Podemos estudar as cores sob dois aspectos que esto diretamente relacionados, embora sejam aparentemente opostos: a COR-LUZ e a COR-PIGMENTO.

    Cor-Luz
    Voc j viu um arco-ris? Ao incidir nas gotas de gua da chuva os raios da luz solar se decompem em vrias cores. So radiaes coloridas. Semelhante a um arco-ris temos um prisma comum, onde a luz branca dividida em um espectro de cores. Essas cores — vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta — compem o que chamado de espectro visvel da luz, que so freqncias do espectroeletromagntico (“luz”) que podemos ver a olho nu. O que nos d um total de 7 cores.
    Porm, temos milhes de cores diferentes na transio de uma cor para outra. Estudos nos mostram a classificao das cores, so elas: primria, secundria e terciria. A qual gerar o crculo cromtico e diante deste teremos tambm as cores complementares e anlogas, alm de muitos outros estudos e definies.


    as 7 cores vistas olho nu com a luz

    Cor-Pigmento
    O pigmento o que d cor a tudo o que material. Os homens primitivos descobriam as cores pela experincia. As pinturas rupestres eram feitas com os mais variados tipos de pigmentos naturais: plantas, terra, carvo, e at o sangue dos animais que caavam.
    As tcnicas de pintura se desenvolveram, se industrializaram e a tecnologia criou os pigmentos sintticos. Cores "artificiais", feitas em laboratrio, mas to intensas e belas como as cores naturais que tentam imitar. Muitas tintas industrializadas ainda so feitas com pigmentos naturais, mas j existem pigmentos sintticos de todas as cores. Os corantes tambm so pigmentos. A mistura de pigmentos altera a quantidade de luz absorvida e refletida pelos objetos. Cada um reflete somente a cor que no absorvida. Por exemplo: o pigmento amarelo absorve da luz branca as cores azul violeta, azul cian, verde, vermelho alaranjado e vermelho magenta, e reflete somente a luz amarela, que a cor que podemos ver.

    Seguindo os estudos de NEWTON, podemos classificar as cores pigmento inversamente a cor-luz, pois assim que nossos olhos podem ver, perceber e misturar as tintas. Essa mistura de cor-pigmento chamada de mistura subtrativa, por ser oposta a mistura aditiva que acontece com a cor-luz.


    fonte: http://www.yria.hpg.ig.com.br/dica.html

    CLASSIFICAO DAS CORES

    Cores Primrias

    Para os que trabalham com cor-luz as primrias so: vermelho, verde e azul violetado. Ou em linguagem tcnica: Red, Green e Blue. (RGB).
    A mistura dessas trs cores em quantidades iguais, produz o branco - sntese aditiva.



    Esse sistema aditivo de mistura das cores conhecido como RGB o que forma as cores dos sistemas de comunicao visual, como a televiso e at mesmo o monitor do seu computador.



    Para o qumico e o artista e aqueles que trabalham com cores-pigmento, as cores primrias so vermelho, amarelo e azul, e a mistura dessas cores em igual quantidade resulta na cor preta ou cinza-neutro - sntese substrativa. O nome tcnico dado a estas cores CMYK (cian, magenta, yellow e black). O sistema CMYK usado nas grficas para a impresso por fotolitos, nos jornais, revistas, livros, cartes e tudo o que impresso.

    Os dois extremos da classificao das cores: o branco, ausncia total de cor, ou seja, luz pura; e o preto, ausncia total de luz, o que faz com que no se reflita nenhuma cor. No so exatamente cores, mas caractersticas da luz, que convencionamos chamar de cor.



    Apesar do scrapbooking digital ser feito diretamente no computador e este usar o sistema RGB (cor-luz). O designer se basear nos padres da cor-pigmento (cores primrias, secundrias, tercirias e complementares).

    LAYOUT – COR PRIMRIA


    Cores Secundrias
    As cores secundrias so obtidas atravs da combinao das cores primrias, em iguais propores. Normalmente esta mistura de cores feita com as cores-pigmento:

    Amarelo limo + Azul cian = Verde
    Vermelho magenta + Amarelo limo = Vermelho alaranjado
    Azul cian + Vermelho magenta = Azul violeta



    Cores Complementares
    Uma cor primria sempre complementada por uma cor secundria. Esta a cor que est em oposio posio desta cor primria no crculo cromtico. Por exemplo, a cor complementar do vermelho o verde.



    As cores complementares so usadas para dar fora e equilbrio a um trabalho criando contrastes.
    Vale lembrar que as cores complementares so as que mais contrastes entre si oferecem, sendo assim, se queremos destacar um amarelo, devemos colocar junto dele um violeta.

    LAYOUT – CORES COMPLEMENTARES



    USOS NO SCRAPBOOKING
    As cores invocam sentimentos que reforam o que desejamos comunicar, sendo um componente importante a se considerar numa pgina.
    Elas complementam a mensagem da composio alm de serem indicadores do esquema cromtico a ser adotado. Os esquemas cromticos so utilizados para promover a harmonia entre as cores usadas.
    Analisando a fotografia e identificando as propores de cada cor na foto, podemos neutralizar cores muito intensas ausentando as cores de fundo, ou seja, com uma foto com cor muito intensa o background da pgina dever ser mais claro.
    As cores quentes (laranja, vermelho, amarelo e suas variaes) tendem a avanar e as cores frias (azul, roxo, verde e suas variaes) tendem a retrair.
    Atingimos o equilibrio visual de uma pgina equilibrando as cores atravs da quantidade de cada cor usada na pgina sendo proporcional a contida na fotografia.

    BIBLIOGRAFIA:
    ---."Teoria das cores" - So Paulo: UDESC 2006. Internet: http://www.design.udesc.br/Utilidade...das20Cores.pdf

    MARINI, Fernanda. "Captulo: Teoria das Cores - Apostila de Photoshop". Belo Horizonte, 2005.

    MARINI, Fernanda, ORSATI, Lgia. "COR, muito alm do fenmeno visual" So Paulo: Universidade Anhembi Morumbi ,2003.

    ROCHA, Ana. "Criando memrias: Princpios bsicos do scrapbooking". So paulo: Scrapping Mania,2005

    SAMPAIO-RALHA, Jurema. A Teoria das Cores, 2006. Disponvel na Internet em
    http://www.geocities.com/strani_felicita/distincao.htm

    WORQx. Color Systems, 2006. Disponvel na Internet em http://www.worqx.com/color/color_systems.htm

    "Crculo cromtico" referncia: http://www.yria.hpg.ig.com.br/dica.html

    PS: os crditos dos LO's estaro na galeria DSB Stars
    ltima edio por Loreta Labarca; 11/05/10 s 09:09:50.
    S existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanh, portanto, hoje o dia certo para amar, acreditar, fazer e, principalmente, viver! - Dalai Lama

    PERSONAL SITE | FACEBOOK | FACEBOOK FAN PAGE

  2. #2
    DSB addict for sure! :) Avatar de Rubia Padilha
    Data de Ingresso
    Apr 2010
    Posts
    5.545
    hehehehe eu nem sabia!! mas que legal! eu vou ver se encontro + caches por ai no google! DSB voltando a ter a carinha antiga!

  3. #3
    Ahh que bom, R!
    esse era um dos artigos que tambm se foi com uma das formataes do meu computador... e eu pensava: 'ainda bem que tem no DSB'... quem imaginaria...
    Mas que bom que temos de volta! =D

  4. #4

    Wink brigado

    oiiiiii eu estou aqui para dar obrigado por a respostas na prova que tive de artes foi de muita ajuda esta "cola":D

  5. #5
    DSB addict for sure! :) Avatar de Loreta Labarca
    Data de Ingresso
    Apr 2010
    Localizao
    So Paulo - Brazil
    Posts
    4.148
    Que bom, Caio! ;)
    S existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanh, portanto, hoje o dia certo para amar, acreditar, fazer e, principalmente, viver! - Dalai Lama

    PERSONAL SITE | FACEBOOK | FACEBOOK FAN PAGE

Tags para este Tpico

Permisses de Postagem

  • Voc no pode iniciar novos tpicos
  • Voc no pode enviar respostas
  • Voc no pode enviar anexos
  • Voc no pode editar suas mensagens
  •